Total de visualizações de página

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Artigo novo no Informaremos.com: Os Fundos Imobiliários de Papel!


Olá pessoal!

Para quem acompanha o meu antigo projeto Porta dos Investimentos, não deixe de conferir este super artigo no meu novo site: www.informaremos.com!

Neste artigo abordei sobre a Melhor TV por Assinatura!

Confira neste link! http://informaremos.com/melhores-fundos-imobiliarios-de-papel/


Um abraço

Porta dos Investimentos

terça-feira, 8 de maio de 2018

FIGS11 - Cotação


20% de queda nos últimos 5 dias.


 De acordo com a administração do FII ...


Em atendimento à solicitação para esclarecimento sobre oscilação atípica recebida da B3 em 07 de maio de
2018 pelo Ofício SAF 117/2018, conforme tabela de cotação acima do Fundo em 07 de maio de 2018, a
SOCOPA – Sociedade Corretora Paulista S.A. (“Administradora”), em atendimento ao item 5.2 d) do
Regulamento para Listagem de Emissores e Admissão à Negociação de Valores Mobiliários, na forma do
Regulamento da B3 informa aos seus cotistas e ao mercado em geral que:

1. O Fundo constatou, na data de hoje (i.e., 7 de maio de 2018), a ocorrência de oscilações atípicas de preço
das cotas de sua emissão (B3: FIGS11). A Administradora esclarece que, em seu entendimento, tal oscilação
é atípica quanto à variação do valor das cotas negociadas, se comparada à média dos últimos 60 (sessenta)
pregões da B3.

2. Com efeito, o preço das cotas de emissão do Fundo apresentou variação negativa intraday de 10,61% (dez
vírgula sessenta e um por cento).

3. A Administradora desconhece a existência de quaisquer fatos ou eventos que justifiquem tal oscilação.

4. Caso a Administradora venha a ter conhecimento de fatos ou eventos que possam influenciar
significativamente no valor da cota do Fundo e que influenciem na decisão dos investidores de comprar, vender,
manter ou exercer quaisquer direitos inerentes à condição de titular de cotas emitidas pelo Fundo comunicará
aos cotistas nos termos do Regulamento do Fundo e da legislação aplicável.

São Paulo, 07 de maio de 2018
FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIARIO GENERAL SHOPPING ATIVO E RENDA – FII
SOCOPA – Sociedade Corretora Paulista S.A.


segunda-feira, 7 de maio de 2018

Artigo novo no Informaremos.com: TV por Assinatura (Confira)


Olá pessoal!

Para quem acompanha o meu antigo projeto Porta dos Investimentos, não deixe de conferir este super artigo no meu novo site: www.informaremos.com!

Neste artigo abordei sobre a Melhor TV por Assinatura!


Um abraço

Porta dos Investimentos


domingo, 6 de maio de 2018

Crise nos Shoppings - Ainda não Acabou!

Crise nos shoppings persiste: Por Jornal do Brasil



Apesar de a economia brasileira ter voltado ao azul, a crise deixou marcas profundas no setor de shoppings. Há hoje cerca de 1 milhão de metros quadrados vagos nos 522 shoppings espalhados pelo País. São 12,5 mil lojas desocupadas. Se nenhum novo empreendimento fosse construído ou ampliado, seriam necessários pelo menos quatro anos para que todo o espaço vazio fosse ocupado.


Isso é o que revela um estudo do Ibope Inteligência sobre a vacância do setor. No último ano, houve uma melhora na ocupação, sobretudo nos shoppings consolidados, construídos antes de 2012. Nesse grupo, 8,5% das lojas estavam vagas em 2017. Neste ano, essa marca caiu para 7,9%. Nos shoppings novos, abertos a partir de 2013, a vacância em número de lojas, que atingiu o pico de 46% em 2017, recuou para 41% este ano.

Mas a situação ainda é bem crítica nos shoppings novos, afirma Marcia Sola, diretora executiva de Shopping, Varejo e Mercado Imobiliário do Ibope. “Nos shoppings novos, a torneira está aberta em cima do ralo: entra contrato novo de locação, mas eles perdem varejistas.”

Foi exatamente esse movimento que se viu nos últimos três anos no comércio em geral. De 2015 a 2017, entre abertura e encerramento, o saldo de lojas foi negativo em 226 mil, aponta a Confederação Nacional do Comércio (CNC). Para este ano, o economista-chefe da CNC, Fabio Bentes, projeta um saldo positivo de 20,7 mil lojas. Com o ritmo lento de recuperação, ele confirma a projeção do Ibope. “Não será possível repor antes de 2022 todos os pontos de venda fechados por causa da crise.”

Além da retração da atividade, a imprudência dos investidores em novos projetos, que superestimaram o mercado, foi outro fator que contribuiu para grande ociosidade nos shoppings hoje, observa Marcia. Nos inaugurados em 2017 e localizados no Sudeste, por exemplo, a situação é mais crítica: quase metade (49%) das lojas está vaga, uma marca muito acima da média nacional (41%).

De fato, houve um boom de shoppings. Entre 2012 a 2016, foram abertos 128 empreendimentos, lembra o presidente da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), Glauco Humai. “Com a crise, ocorreu uma tempestade perfeita que fez com que os shoppings novos tivessem maior dificuldade de amadurecimento. Mas isso não aconteceu com todos.”

A Abrasce não monitora a vacância dos shoppings novos separadamente dos consolidados. Nas contas da entidade, a taxa média de vacância do setor como um todo gira em torno de 5,7% em número de lojas. “A taxa tem flutuado mês a mês e é administrável”, afirma Humai. Ele diz que não conhece a metodologia e a base de dados dos indicadores apurados pelo Ibope e, por isso, não pode comparar os resultados.

O enorme espaço vazio nos shoppings e a dificuldade de encontrar e reter lojistas tornaram as negociações com os administradores mais flexíveis. “Se no começo da crise os shoppings eram rígidos e perderam muitos inquilinos, hoje perceberam que essa rigidez foi ruim para os dois lados”, observa Luís Augusto Ildefonso, diretor de Relações Institucionais da Associação de Lojistas de Shoppings (Alshop).

Nos shoppings novos, o executivo explica que, além do desconto, existe a possibilidade de a loja começar a funcionar sem pagar aluguel por um período curto. Já nos consolidados, as negociações são mais tranquilas para as lojas que o shopping tem interesse que fiquem. Outra saída para atenuar os prejuízos provocados pela vacância elevada tem sido adiar a construção dos novos empreendimentos.

Shoppings dão desconto e adiam construção

(…) Outra saída para atenuar os prejuízos provocados pela vacância elevada tem sido adiar a construção dos novos empreendimentos. Em março de 2015, por exemplo, o Carrefour, em associação com a Saphyr, empresa especializada em shoppings, e a HSI, gestora brasileira de fundos de private equity, anunciou, a construção do Cosmopolitano Shopping, no bairro do Cambuci, na cidade de São Paulo. A previsão inicial era inaugurar o shopping de 44 mil m² em 2017. O empreendimento, no entanto, está parado.

O Carrefour informou que o Cosmopolitano Shopping teve a sua primeira etapa concluída com a inauguração do hipermercado. “Agora os empreendedores avaliam o momento adequado do mercado para retomar a próxima fase do projeto”, diz a empresa. A próxima fase do projeto é a construção do shopping.

Além do Cosmopolitano, outros shoppings foram adiados em razão da conjuntura desfavorável. No ano passado, a previsão inicial do setor era abrir 23 shoppings no País. No entanto, acabaram sendo inaugurados apenas 12. Foi o menor número de shoppings abertos em um ano desde 2012, aponta o levantamento da Alshop. “Para 2018, a projeção é de 25 inaugurações. Destas, 11 são remanescentes de 2017. E, de anos anteriores, deve ter alguns que estão se arrastando”, observa Ildefonso.

A Associação Brasileira da Shopping Centers (Abrasce) prevê que 23 shoppings serão abertos em 2018. Nesse número há projetos de 2016 e de 2017, diz o presidente da Abrasce, Glauco Humai. “Não é o único fator, mas o momento econômico ruim atrasa a inauguração.”

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Projeto de Lei Quer Acabar com o Dinheiro em Papel

.
.

PROJETO DE LEI QUER ACABAR COM O DINHEIRO EM PAPEL
Fonte: Tecnoblog, Por Paulo Higa
10/07/2017 às 18h02


“Boa parte das transações que fazemos no dia a dia já não envolve mais dinheiro em espécie, mas um projeto de lei quer ir além: ele “extingue a produção, circulação e uso do dinheiro em espécie, e determina que as transações financeiras se realizem apenas através do sistema digital”.
O projeto de lei 48/2015, de autoria do deputado Reginaldo Lopes (PT-MG), determina que a utilização de dinheiro em espécie para transações financeiras seja proibida, permitindo a posse de cédulas apenas “para fins de registro histórico”. Além disso, o texto proíbe que os bancos cobrem uma taxa para transações por meio de débito.
Na justificativa, o deputado defende que “a tecnologia proporciona todas as condições para que pagamentos, inclusive de pequenos valores, possam ser feitas sem a necessidade de se portar dinheiro em espécie” e que alguns países já caminham para extinguir as cédulas, como Noruega e Suécia, onde apenas 4% das transações seriam feitas com dinheiro em papel.
Segundo o deputado, uma vez que “toda transação financeira poderá ser rastreada”, a sonegação fiscal e os gastos com emissão ou transporte de moeda deixariam de existir. Além disso, sem cédulas em circulação, “eliminaríamos práticas de crimes como assaltos a bancos, arrombamentos de caixas eletrônicos, assaltos a postos de gasolina, sequestros, saidinhas de banco e violência em geral”.
O texto foi apresentado em fevereiro de 2015, mas voltou ao noticiário porque a Comissão de Defesa do Consumidor promove nesta terça-feira (11) uma audiência pública para discutir a proposta. O ministro da Fazenda, Henrique Meireles; o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn; o ministro da Justiça e Segurança Pública, Torquato Jardim; e outras pessoas ligadas ao sistema financeiro foram convidadas.”
.
.

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Proposta para Compra da Torre Vargas do PRSV: Turn Around à Vista?

.
.

Surgiu proposta para compra do Edifício Torre Vargas, do Fundo Imobiliário PRSV.

Este fundo poderia alterar o nome para Torre Vagas, devido à enorme vacância.

Proposta esta muito abaixo do VP (Valor Patrimonial).

Proposta de R$ 27 milhões = R$ 138,46


Segue na íntegra:


.
.


Osasco, 11 de agosto de 2017.
FATO RELEVANTE
BEM DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA., na
qualidade de Administradora do FUNDO, em cumprimento ao disposto no
parágrafo 1º do artigo 41 da Instrução CVM n.º 472/2008 e posteriores
alterações, COMUNICA que recebeu, em 10 de agosto de 2017, por intermédio
do gestor de portfólio de ativos do FUNDO, proposta para venda do Edifício
Torre Vargas 914, situado na Avenida Presidente Vargas, nº 914, Centro, na
Cidade do Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro, adquirido pelo FUNDO em
maio de 2010, o qual se encontra totalmente desocupado, pelo valor de R$
27.000.000,00 (vinte e sete milhões de reais). A presente proposta se expira
em 13 de setembro de 2017.
Neste sentido, a Administradora adotará as providências necessárias para a
convocação de assembleia geral de cotistas para deliberar acerca da proposta
em questão, nos termos do parágrafo 5º do artigo 7º, combinado com o inciso
“(l)” do artigo 33, ambos do Regulamento.
Permanecemos à disposição para maiores esclarecimentos que se façam
necessários.
BEM Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A.

Administradora

PORTA DOS INVESTIMENTOS

.
.

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Como nossa vida irá mudar dramaticamente nos próximos 20 anos, segundo o CEO da Mercedes.

Excelente texto encontrado no site do Tetzner.
.
.

Como nossa vida irá mudar dramaticamente nos próximos 20 anos, segundo o CEO da Mercedes.

16 de julho de 2017
Em uma entrevista recente, Daimler Benz (Mercedes Benz) dissera que seus concorrentes não são mais as outras companhias de carro, mas sim a Tesla (óbvio), Google, Apple e Amazon.
*  Softwares irão quebrar a maioria das indústrias tradicionais nos próximos 5-10 anos.
* Uber é apenas uma ferramenta de software, eles não possuem carros, e são agora a maior empresa de táxi do mundo
* Airbnb é agora a maior empresa hoteleira do mundo, embora eles não possuam quaisquer propriedades.
* Inteligência Artificial: Computadores se tornam exponencialmente melhores em compreender o mundo. Este ano, um computador bateu o melhor Go player no mundo, 10 anos mais cedo do que o esperado.
* Nos EUA, jovens advogados já não conseguem emprego. Por causa da IBM Watson, você pode obter aconselhamento legal (até agora para as coisas mais ou menos básicas) em poucos segundos, com uma precisão de 90% em comparação com uma precisão de 70% quando feito por seres humanos.
* Então, se você estuda direito, pare imediatamente. Haverá 90% menos advogados no futuro, apenas especialistas permanecerão.
* Watson já ajuda enfermeiros no diagnóstico de câncer, 4 vezes mais preciso do que os enfermeiros humanos. Facebook agora tem um software de reconhecimento de padrões que podem reconhecer rostos melhores do que seres humanos. Em 2030, os computadores se tornarão mais inteligentes do que os seres humanos.
* Carros autônomos: Em 2018 os primeiros carros de auto condução estarão disponíveis para o público. Por volta de 2020, a indústria completa vai começar a ser interrompida. Você não vai querer ter um carro mais. Você vai chamar um carro com o seu telefone, ele vai aparecer no seu local e levá-lo ao seu destino. Você não vai precisar estacioná-lo, você só pagará pela distância percorrida e pode ser produtivo durante a condução. Nossos filhos nunca irão ter uma carteira de motorista e nunca vão possuir um carro.
.
.

* Isso vai mudar as cidades, porque vamos precisar de 90-95% menos carros para isso. Poderemos transformar antigos estacionamentos em parques. 1,2 milhões de pessoas morrem a cada ano em acidentes de carro em todo o mundo. Temos, agora, um acidente a cada 60.000 milhas (100.000 km), com a condução autônoma, esse número vai cair paraa 1 acidente em cada 6 milhões de milhas (10 milhões de km). Isso vai salvar um milhão de vidas por ano!
* A maioria das companhias de carro provavelmente vão falir. Companhias de carro tradicionais tentam a abordagem evolutiva e apenas construir um carro melhor, enquanto as empresas de tecnologia (Tesla, Apple, Google) fazem a abordagem revolucionária e constróem um computador sobre rodas.
* Muitos engenheiros da Volkswagen e Audi estão completamente aterrorizados pela Tesla.
* As companhias de seguros terão dificuldade enorme porque sem acidentes, o seguro vai se tornar 100x mais barato. Seguros para automóveis irão desaparecer.
* O Mercado Imobiliário vai mudar. Porque se você pode trabalhar enquanto se desloca, já que os carros serão autônomos, as pessoas vão se mudar para mais longe e viver em um bairro mais bonito.
* Os carros elétricos vão se tornar tendência em 2020. As cidades serão menos barulhentas, porque todos os carros novos serão movidos a eletricidade. Eletricidade se tornará incrivelmente barata e limpa: produção Solar tem tido uma curva exponencial de 30 anos, agora você pode ver o impacto crescente.
* No ano passado, mais energia solar foi instalada no mundo do que o combustível fóssil. As empresas de energia estão tentando desesperadamente limitar o acesso à rede para evitar a concorrência de instalações solares em casa, mas isso não pode durar. A tecnologia vai driblar essa estratégia.
* Com eletricidade barata vem a água abundante e barata. A dessalinização de água salgada agora, só precisa 2kWh por metro cúbico (@ 0,25 cêntimos). Não temos água escassa na maioria dos lugares, só temos água potável escassa. Imagine o que será possível se alguém pode ter tanta água limpa quanto quiser, por um custo muito baixo.
* Saúde: O preço do Tricorder X será anunciado este ano. Existem empresas que irão construir um dispositivo médico (o chamado “Tricorder” do Star Trek), que funciona com o seu telefone, o que leva a digitalização da sua retina, sua amostra de sangue e respiração com ele.
* Ele analisa 54 biomarcadores que irão identificar quase qualquer doença. Será barato, por isso em alguns anos todos neste planeta terão acesso a uma análise médica de classe mundial, quase de graça. Adeus, estabelecimento médico.
* Impressão 3D: O preço da impressora 3D mais barata caiu dos US $ 18.000 para US $ 400 nos ultimos 10 anos. Ao mesmo tempo, tornou-se 100 vezes mais rápida. Todas as grandes empresas de calçados já fazem sapatos com impressão 3D.
* Algumas peças de avião já estão sendo impressas em 3D em aeroportos remotos. A estação espacial agora tem uma impressora que elimina a necessidade da grande quantidade de peças de reposição que costumava ter no passado.
* No final deste ano, os novos smartphones terão possibilidades de digitalização em 3D. Você pode então digitalizar seus pés em 3D e imprimir o seu sapato perfeito em casa.
* Na China, eles já construíram um edifício comercial completo de 6 andares com uma impressora 3D. Até 2027, 10% de tudo o que está sendo produzido será impresso em 3D.
* Oportunidades de negócio: Se você pensar em um nicho que você quer ir, pergunte-se: “no futuro, você acha que vamos ter isso?” e se a resposta for sim, como você pode fazer isso acontecer mais cedo?
* Se ele não funciona com o seu telefone, esqueça a idéia. E qualquer idéia concebida para o sucesso no século 20 está fadada ao fracasso no século 21.
* Trabalho: 70-80% dos empregos vão desaparecer nos próximos 20 anos. Haverá uma grande quantidade de novos postos de trabalho, mas não está claro se haverão novos empregos suficientes em um pequeno período de tempo.
* Agricultura: Haverá um robô agrícola de $ 100 no futuro. Agricultores nos países do 3o mundo poderão, então, tornar-se gerentes de seu campo em vez de trabalhar o dia todo neles.
.
.

Pesquisar no Blog ...